Mercado esportivo busca especialista em negócios

Mercado esportivo busca especialista em negócios

Data de publicação: 06/03/2012

É fundamental que o especialista entenda de planejamento, gestão financeira, logística, legislação e tecnologia da informação, bem como de relacionamento com a mídia e de captação de recursos.

 

O Brasil ganhou destaque no cenário internacional com a conquista do direito de sediar a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Isso fez com que o país abrisse novas oportunidades de negócios, iniciando uma fase de ascensão em termos de desenvolvimento. Somente em obras de infraestrutura, incluindo modernização dos aeroportos, estádios de futebol, telecomunicações, segurança, qualificação profissional, segurança, mobilidade urbana, energia e saúde para a realização dos eventos o governo deve investir cerca de R$47 bilhões. A profissionalização do esporte é uma das necessidades emergentes, uma vez que a demanda é crescente por profissionais que sejam gestores na área, com competência para decidir, empreender, negociar, planejar e intervir nos negócios.
O gerente comercial Júlio César Cafaggi, aluno do curso de MBA Executivo em Gestão Estratégica do Esporte da IBS/FGV, atua há dois anos como assessor de atletas de uma empresa de consultoria. Atento às oportunidades, aproveitou o grande momento do esporte no país para se especializar na área. “As instituições esportivas necessitam de pessoas que entendam de esportes e de gestão de negócios, com visão geral do mercado e um bom planejamento estratégico”, avalia.

 

A conscientização sobre a importância da profissionalização para esse segmento é um fenômeno que vem acontecendo com o passar dos anos, segundo a coordenadora do MBA Executivo Internacional em Gestão Estratégica do Esporte da IBS/FGV, Ana Ligia Finamor. “A valorização tem se intensificado não apenas pelos grandes eventos esportivos previstos para o país, mas também pelos resultados que o Brasil vem conquistando em competições e pelo aumento dos investimentos”, reflete.

 

Ainda de acordo com a coordenadora, a capacitação desse profissional é essencial para deixar um legado e permitir a evolução constante do setor. Os grandes estádios que estão sendo construídos e reformados no país vão precisar de um gestor para garantir que sejam bem aproveitados e lucrativos. “Por isso, é fundamental que o especialista entenda de planejamento, gestão financeira, logística, legislação e tecnologia da informação, bem como de relacionamento com a mídia e de captação de recursos”, afirma Ana Ligia.

 

A Fundação Getulio Vargas/IBS Business School oferece o MBA Executivo Internacional em Gestão Estratégica do Esporte para profissionais que desejam desenvolver visão estratégica do mercado e estimular o entendimento e a prática da visão sistêmica relacionada ao planejamento e aos processos que predizem a área.

 

As inscrições para o curso estão abertas e podem ser feitas pelo site www.ibs.edu.br. O MBA possui carga horária de 432 horas/aula, com aulas quinzenais, aos sábados.