Ex-aluno da FGV/EPGE assume Ministério da Fazenda

Ex-aluno da FGV/EPGE assume Ministério da Fazenda

Data de publicação: 01/12/2014

Ex-aluno de mestrado da Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getulio Vargas (FGV/EPGE) – turma de 1986 –, Joaquim Levy acaba de ser nomeado ministro da Fazenda do governo Dilma Rousseff.  Levy concluiu seu mestrado na Escola com a tese “Congelamento parcial, aumento de salários e efeitos na demanda de mão de obra”, orientada pelo professor Sérgio Werlang, em 1987.

 

O novo ministro da Fazenda, dentre outros cargos, atuou como professor do mestrado da FGV/EPGE no ano de 1990; passou pelo quadro do Fundo Monetário Internacional (FMI) de 1992 a 1999; foi economista visitante do Banco Central Europeu no período de 1999 a 2000 e secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda em 2000.

 

Além disso, Levy foi nomeado economista-chefe do Ministério do Planejamento em 2001 – durante o governo Fernando Henrique Cardoso –, secretário do Tesouro Nacional de 2003 a 2006 – no governo Luiz Inácio Lula da Silva –, e vice-presidente do Banco Internacional do Desenvolvimento (BID) em 2006. Em janeiro de 2007, durante o governo de Sérgio Cabral, tornou-se secretário da Fazenda do Rio de Janeiro.

 

Publicada na FGV Notícias