Os principais erros cometidos por quem estuda online

Os principais erros cometidos por quem estuda online

Data de publicação: 14/10/2015

Hoje em dia, com a vida corrida, o trabalho até tarde e a certeza de que cada vez o tempo parece ficar menor, o ensino a distância vem ganhando mais adesão de pessoas que querem se manter atualizada, mas não conseguem encaixar seu dia-a-dia nos horários dos cursos presenciais e ainda ganham tempo pela falta de deslocamento.

 

Flexibilidade, acessibilidade, ganho de tempo, redução de custos. Não importa qual desses – entre tantos outros – benefícios é o que mais te atrai na hora de escolher um curso online. O mais importante de tudo é saber que estudar a distância requer muito mais disciplina, atenção e dedicação dos alunos.

 

A falta de proatividade e de planejamento são os maiores vilões para os estudantes de ensino a distância. Conheça os principais erros cometidos por quem estuda a distância:

 

Recursos tecnológicos escassos – Muitas pessoas contratam cursos online sem saber se serão necessários programas específicos, internet em alta velocidade, entre outros recursos, e acabam desistindo pela dificuldade de acesso. Por isso, antes de iniciar qualquer curso ou disciplina online, é importante verificar com a instituição de ensino se será necessário recursos tecnológicos específicos ou somente internet banda larga.

 

Subestimar o curso ou a matéria só pelo fato de ser online – Pela flexibilidade de acesso (qualquer local e hora) e por não ter aquele compromisso de estar na sala de aula, em frente ao professor, os cursos/disciplinas online ainda são muito subestimados.

 

As instituições de ensino, seja ele tradicional ou a distância, costumam ter o mesmo grau de exigência. A diferença está apenas no formato da aula. Normalmente, os cursos online requerem mais proatividade, ou seja, o aluno deve buscar o conhecimento, de forma colaborativa, nas diversas fontes disponíveis pelos recursos da educação a distância (EAD), e não apenas junto ao tutor da disciplina.

 

Falta de foco – Não bastasse subestimar, muitos ainda agem como se estudar fora da sala de aula não trouxesse responsabilidades. A hora de estudo, independentemente se dentro de uma sala de curso presencial ou na varanda do hotel em que está hospedado a trabalho, o aluno deve ter foco.

 

Se em sala de aula os alunos já arrumam diversas distrações, imagine em casa ou em qualquer ambiente menos formal, onde você tem à disposição televisões, celular “sem ninguém para chamar atenção” e uma cama convidativa? Para não cair em tentação, é necessário que o aluno diminua ao máximo as distrações. Evite deixar o celular ligado, não estude deitado e com a televisão ligada. Principalmente se estiver passando aquela série favorita.

 

Falta de disciplina e planejamento – A questão da flexibilidade de acesso (qualquer local e hora) ao material do curso/disciplina aparece novamente. Muitos alunos de EAD se sentem livres, “sem compromisso” e acabam protelando aulas, trabalhos e pesquisas. Mas foco e planejamento são fundamentais para conseguir fazer um curso online. É importante ter em mente que, após a matrícula, o aluno deve fazer um planejamento de horas de estudo conforme sua agenda permite e realmente cumpri-lo.

 

Procrastinação – O bom e velho “daqui a pouco eu faço”. Quem nunca pensou desta forma quando tinha algum trabalho para fazer em casa, mas os amigos convidavam para a praia, o(a) namorado(a) chamava para o cinema ou qualquer outra distração “imperdível”? Evite deixar os estudos para depois, porque este “depois” pode acabar acumulando tarefas e aí vai realmente ficar bem mais difícil conciliar.

 

Impaciência – Pelo fato de muitas pessoas subestimarem os cursos EAD – e acreditarem que eles são mais fáceis que os presenciais –, elas acabam ficando impacientes com as horas dedicadas para um mesmo assunto e optam por pular etapas. Este é um erro muito comum e que traz sérias consequências. Pense só: quando você está na sala de aula, por muitas vezes ouve por horas – ou até mesmo dias – um mesmo tema.

 

Quantas vezes os alunos de Marketing ouvem sobre os 4Ps ou os de Administração aprendem sobre Gestão, Negociação e Liderança? Se bobear, durante o curso todo – a cada hora sob uma ótica específica. Então, nada de pular aquele assunto que você (acha que) já sabe. Preste atenção às aulas, anote, tire dúvidas se não entender… A paciência é uma virtude! E no EAD ela é um ponto chave para o sucesso da aprendizagem.

 

Muitos alunos do Pós ADM nunca cursaram disciplinas online, por isso, conhecendo os principais erros você tem a oportunidade de solucionar dúvidas que surgirem entre eles e até mesmo reverter reclamações – muitas delas por falta de conhecimento sobre o ensino a distância e como lidar com ele.

 

Coordenadora Adjunta do Pós ADM, Luana Bem aponta que “O aluno online tem que ser ativo para ter sucesso na disciplina, o que significa ler os textos dentro do prazo sugerido, entender o conteúdo a partir os recursos disponíveis no ambiente, ser proativo para pesquisar na web, além de participar ativamente escrevendo, tanto as dúvidas para o professor tutor, quanto os comentários na sala virtual”.

 

Veja abaixo alguma das principais recomendações do Pós ADM para as dúvidas e questionamentos que surgem entre os alunos:

 

Dificuldade em lidar com a metodologia diferenciada

 

O EAD é uma prática educativa contemporânea, com ferramentas tecnológicas que proporcionam um aprendizado reconhecido, seguro e que tende a se fortalecer cada vez mais.

Este formato permite que cada aluno tenha a chance de se preparar de acordo com o seu perfil, ritmo e necessidade, de forma que um não atrapalhe o aprendizado do outro.

A ‘chave’ é tornar-se participativo. Ninguém saberá que ele está com dificuldades se ele não postar as suas dúvidas.

 

 

Há mais demora na interação/resposta online que na presencial

 

No modelo presencial, a agilidade só existe se a dúvida for feita em sala. Caso contrário, só na próxima aula.

Na metodologia online, porém, além do aluno personalizar o seu horário de estudos da maneira que melhor lhe convém, ele conta com a presença constante do professor tutor, que é um professor especialista no assunto, e está sempre disponível para sanar dúvidas – desde as mais básicas até as mais complexas -, garantindo que os alunos sejam acompanhados e avaliados durante todo o curso e com o prazo de até 48h para retornar.

Agora você já sabe que não é um bicho de sete cabeças e pode aproveitar e dar essas dicas para todos aqueles que vão começar um curso online. 

 

Agora você já sabe que não é um bicho de sete cabeças e pode aproveitar e dar essas dicas para começar um curso online. Conheça alguns deles aqui!