Diretor de Integração Acadêmica da FGV participa de coletiva de imprensa sobre adoção de sustentabilidade no ensino

Diretor de Integração Acadêmica da FGV participa de coletiva de imprensa sobre adoção de sustentabilidade no ensino

Data de publicação: 21/06/2012

O diretor de Integração Acadêmica da FGV, professor Antonio Freitas, participou ontem de coletiva de imprensa na Rio+20 sobre os esforços que instituições de ensino superior vêm realizando para adotar questões e práticas sustentáveis em seus currículos, pesquisas e campus.
 
Na coletiva, Freitas afirmou que o Brasil “é líder em sustentabilidade” e citou a importância da educação continuada para transformar estudantes oriundos de um ensino muitas vezes deficiente em profissionais e executivos competitivos internacionalmente. “Este é um papel que a FGV cumpre muito bem, com seus MBAs e cursos de curta duração”, acredita. E ressalta. “E é o investimento em educação hoje, em cidadãos preparados e felizes,  que garantirá menores gastos  governamentais em previdência, presídios, no futuro”.
 
Freitas, que é presidente do Conselho Latino-Americano de Escolas de Administração (CLADEA), membro do Conselho Nacional de Educação (CNE) e do Principles for Responsible Management Education (PRIME – ligado a ONU), participou na semana passada do Fórum de Sustentabilidade Empresarial da Rio+20, em que defendeu a inclusão da sustentabilidade nos currículos escolares. Freitas presidiu a comissão que redigiu o parecer e a resolução que definem a obrigatoriedade do ensino de sustentabilidade como parte das Diretrizes Curriculares de Educação Ambiental.
 
Também fizeram parte da coletiva Bernard Belletante, da Euromed Management (França), o professor Pei Gang, da Tongji University, (China), e o professor Konrad Osterwalder, reitor da UN University e sub-secretário geral da Organização das Nações Unidas.
 
A coletiva de imprensa aconteceu no Riocentro.